Escola Profissional da Guarda visita Mosteiro dos Jerónimos

Nele repousam Camões, Herculano e Pessoa…

Os elementos decorativos, repletos de símbolos da arte da navegação, não deixam esconder o lugar de Gama, nome maior das nossas conquistas.

Os Jerónimos, obra de relevo maior da arquitetura Manuelina, desvendou o seu charme aos alunos da Escola Profissional da Guarda, num dia dedicado à História da Cultura e das Artes.

A obra, iniciada em 1502, conta como cunho de vários arquitectos e construtores, entre eles Diogo Boitaca (plano inicial e parte da execução) e João de Castilho (abóbodas das naves e do transepto, pilares, porta sul, sacristia e fachada). No reinado de D. João III foi acrescentado o coro alto.

Promovendo uma relação de proximidade entre os conteúdos e a realidade envolvente, os alunos do Curso de Comunicação tiveram a possibilidade de experienciar um dia único, sentindo a cultura de um país, fôlego que carrega a alma do seu povo.