Biblioteca Eduardo Lourenço visitada pela Escola Profissional da Guarda

“Cada homem não tem em vida senão um minuto de verdade. Nela joga e lhe joga o destino o que nunca mais será que glosa, exterior plenitude e interminável nostalgia.”

Eduardo Lourenço

 

A biblioteca é a casa da palavra, o lugar onde o verbo surpreender se conjuga em todo o pedaço de papel e onde, através do tacto, inauguramos a magia de um livro.

Porque a cultura mora mesmo ao lado e também aqui se estima, os alunos do 2º ano do Curso de Saúde, na sua última aula de Língua Portuguesa, deixaram-se render ao encanto da casa de Eduardo Lourenço.

Para além dos livros e da leitura de algumas passagens destes, os nossos alunos tiveram oportunidade de conhecer o trabalho de dezenas de pessoas que, todos os dias, promovem a conservação, catalogação e organização dos materiais disponíveis.

O depósito de verdadeiras preciosidades, como uma das primeiras edições do jornal A Guarda, datada de 1878, e o restauro de tantos outros documentos e livros que o tempo foi deteriorando, foram alguns dos pontos de interesse desta visita.

 

Boas férias a todos e excelentes leituras!